Voltar à página principal

Arnas 

                            


 

 

Situada no sudueste do concelho, já nos limites com o distrito da Guarda, dista nove quilómetros da vila de Sernancelhe.

 

    A igreja paroquial é mais moderna que a Capela de S. João Batista, que foi primitiva matriz, tem aspecto antiquado e um pórtico romano. Ao lado da Capela ergue-se uma alta pilastra, que, segundo a tradição popular, foi deslocada para ali do interior da igreja, mas que tem sido tomada por pelourinho. Próximo de Arnas, no monte chamado Muragos, tem sido encontrados vestígios arqueológicos de uma estância luso-romana.

 

    Ao lado da capela ergue-se uma alta pilastra, que, segundo a tradição popular, foi deslocada para ali do interior da igreja, mas tem sido tomada por pelourinho. Próximo de Arnas, no monte chamado Muragos, tem sido encontrados vestígios arqueológicos de uma estância luso-romana.

 

    De facto, aqui próximo, o topónimo de Monte de Muragos, pode indicar a existência dum povoamento castrejo, donde a população teria vindo para uma posição mais aberta junto às terras do Vale.

             

    O topónimo Arnas, directamente derivado do latim Arenas (areias), confirma a antiguidade deste povoamento luso-romano.
Fonte: CM Sernancelhe

 
                  (Quinta de Paulo Lopes)                                                                (Quinta de Paulo Lopes)

 Voltar à página principal